Dino Crisis é um survival horror da Capcom, lançado em 1999 para o console Playstation. Por ser criado pelo mesmo diretor de Resident Evil, Shinji Mikami, possui diversos elementos muito similares a sua franquia de zumbis. O jogo posteriormente também ganhou versões para DreamCast, Microsoft Windows e PlayStation Network.

Regina, membro da Special Forces Team, é enviada junto com outros três agentes para investigar uma ilha militar isolada conhecida como Ibis e resgatar um membro enviado anteriormente, Tom. Ao chegarem, eles percebem que o lugar está infestado por dinossauros como resultado de um experimento secreto criado pelo Dr. Kirk, que criou uma espécie de portal do tempo. Caberá a eles encontrarem Tom, descobrir os segredos da base militar tentando sobreviver frente aos mais variados tipos de dinossauros, e fugirem da ilha.

Entre os dinossauros que o jogador tem de enfrentar durante o jogo estão os: Velociraptor, Pteranodon, Therizinosaurus, Compsognathus e por último, mas não menos importante, o terrível Tyrannosaurus rex. Só há um T-Rex durante todo o jogo, que equivale ao Nemesis de Resident Evil 3, mas com apenas uma mordida ele pode matar Regina.Assim como em Resident Evil 2, os inimigos muitas vezes são tantos que chegam a cercar a protagonista. Além disso, muitas vezes os cenários são tão fechados, que se torna quase impossível enfrentar tantos dinossauros de uma só vez. Às vezes só fugindo resolve, e mesmo assim, muitas vezes os dinossauros perseguirão Regina pelos cenários do jogo. Eles podem entrar pelas janelas, derrubar portas e até mesmo virem pelos dutos de ventilação, transformando a vida do jogador em um verdadeiro pesadelo.Dino Crisis utiliza um motor 3D original com ambientes em tempo real, em oposição aos fundos pré-renderizados da série Resident Evil.

Os movimentos e controles da personagem são precisos, embora a ação de tiro seja um pouco lenta. Há poucos tipos de armas no jogo, mas o número de munições compensa, já que é possível misturar determinadas armas com munições diferentes.

É possível também atirar dardos com efeitos. As cores representam o nível e o efeito. Variando de um simples sonífero até um veneno que em poucos instantes o dinossauro morre.

O sistema de salvamento de progresso do jogo é estratégico e dependendo de onde estiver na campanha, o jogador só poderá salvar encontrando savepoints “embutidos” em certas portas. O jogo também se torna mais longo devido aos inúmeros quebra-cabeças contidos nele, exigindo extrema paciência e uma boa memória para resolvê-los.

Dino Crisis trouxe sustos tão bons quanto a da famosa série Resident Evil, justamente por trazer inimigos que se mostravam realmente ameaçadores e mortais: os dinossauros. A Regina é uma protagonista com personalidade forte, muito similar a Jill Valentine, em Resident Evil 3. Com três finais alternativos, uma história interessante com um clima de suspense constante, e diversos puzzles extremamente difíceis, este Dino Crisis é um ótimo jogo para aqueles que buscam por um bom survivor horror.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s