Hoje começa mais uma coluna semanal, trazendo aqui a minhas recomendações com intuito de fazer um breve apanhado sobre o vasto mundo dos animes!

Vamos estrear a coluna já com os dois pés na porta, nada mais nada menos que No Game No Life. Primeiramente vamos à ficha técnica, é uma série de light novel criada por Yuu Kamiya. publicada sob a impressão da MF Bunko J, com nove volumes lançados entre 25 de abril de 2012 e 25 de agosto de 2016. Um bela surpresa é o autor ser brasileiro e seu nome verdadeiro é Thiago Furukawa Lucas, um grande ilustrador e escritor. Sendo o primeiro mangaká brasileiro a fazer sucesso no Japão. O sucesso veio com No Game No Life, que foi adaptada para anime.

 Agora vamos ao porque da minha recomendação, quero passar aos leitores o sentimento e experiência que tive ao assistir a obra. O anime tem como seu tema principal jogos, com tons de aventura e comédia e o mais atraente é que possui ótimos embates intelectuais, não tão astutos quanto aos de Death Note, mas que consegue transmitir bem a inteligência de cada um dos personagens. O nosso editor aliado Alexandre Assis traz um bom insight dos protagonistas Sora e Shiro.

“ O Melhor do Anime em si, são os personagens e as batalhas, personagens de característica forte, os personagens principais, Sora e Shiro são irmãos e nunca perderam jogando juntos e eles juntos são conhecidos como Kuuhaku, os dois tem personalidades diferentes porém que completam um ao outro, Sora o seu modo de jogo é baseado em dedução, linguagem corporal, emoções, comportamento etc.. já Shiro, ela é mais para o lado calculista e lógico. “

Como puderam perceber, temos uma dupla bem especial que move a história. Os dois irmãos vivem no japão invictos em todos os jogos que participam, até misteriosamente receberem um desafio para uma partida de xadrez de Tet, o Deus dos Jogos. Após vencerem a partida são convidados a irem para Disboard, um mundo onde não há violência e tudo é determinado por jogos. Logo no primeiro episódio percebemos a grande habilidade do Kuuhaku e também sua fraqueza, não podem ficar afastados um do outro, o amor de irmão aqui é intenso!

Meu objetivo aqui é apenas introduzir um pouco do feeling que o anime traz, mostrar como essa obra pode ser satisfatória para o espectador que presa por diálogos dinâmicos, uma boa dose de comédia,  personagens interessantes, a temática de games, boas batalhas intelectuais onde você pode ser surpreendido todo o tempo durante os conflitos os quais os personagens são dispostos.

A obra conta com 12 episódios lançados e com a um filme adaptando o sexto volume da light novel programado para estrear dia 5 de outubro de 2017 intitulado No Game No Life: Zero.

No game No Life tem vários momentos de tensão, comédia, e ação, as batalhas são sempre tensas e as apostas são de um valor significativo no mundo em que estão, se você gosta de jogos e estratégia esse anime é para você.”  Alexandre Assis

Agradeço ao nosso editor Alexandre Assis pela sua colaboração aqui e aos leitores que ficaram até aqui!

Fiquem a vontade para comentar abaixo suas opiniões de anime, sobre o que mais posso estar trazendo de informação e profundidade na coluna.

Sejam bem-vindos ao Aliança J.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s