Sejam bem-vindos ao Aliança J, esta semana vamos falar sobre Arslan Senki!

Arslan Senki é uma novel de fantasia escrita por Yoshiki Tanaka, sendo publicada em 1986. A popularidade da novel foi tão grande, que sua transição para mangá ocorreu naturalmente. Os treze volumes do mangá foram escritos por Tanaka e ilustrados por Chisato Nakamura, uma segunda adaptação do mangá foi feita em  julho de 2013 e desta vez foi ilustrada por Hiromu Arakawa, o mesmo artista do aclamado Fullmetal Alchemist.

O versão qual vou recomendar é a mais recente, lançada em 2015 e com sua segunda temporada em 2016, infelizmente ainda não há confirmação sobre uma terceira. Vamos a sinopse!

A jornada acompanha as façanhas de Arslan, o príncipe da coroa do reino de Pars, que tem sua história iniciada quando Pars é ocupado por uma nação vizinha chamada de Lusitania, após o Rei Andragoras III sofrer uma traição por parte de pessoas de sua confiança. Após escapar da ocupação com vida, Arslan encontra seu leal servo, Daryun. Em busca de mais aliados, os dois formam uma forte equipe composta pelo filósofo e estrategista Narsus e seu jovem servo Elam, Farangis, uma sacerdotisa e Gieve, um músico andarilho. Arslan parte em busca de recuperar o reino mas está em enorme desvantagem devido ao número massivo do exército Lusitano, liderados por um guerreiro chamado Silvermask.

Vamos direto ao ponto essa semana, eu pensei muito em qual anime recomendar e com certeza fico feliz pela escolha, Arslan Senki primeiramente me chamou atenção pela arte, sendo do mesmo ilustrador de Fullmetal Alchemist do qual sou fã também, logo fui surpreendido por uma história de realeza e subtramas da coroa, criando um universo vasto e bem apresentado para o espectador, a forma como a história é contada e como os territórios desse mundo é mostrado dá um senso de localização que permite um maior entendimento estratégico que a obra tem, os personagens são de longe muito carismáticos e característicos, cada um contribui de maneira importante na trama. Arslan cresce durante a jornada e vai conquistando o respeito de seus aliados e pessoas do reino por onde passa. O anime tem diversos momentos de combate e o mais interessante, existe muitos pontos estratégicos e elementos táticos que são bem trabalhados e dão sensação certa de como um reconquista de reino e guerra nesta era poderia ser, é um prato cheio para quem curte esse tema.

VÃO ASSISTIR QUE É BÃO!

Agradeço aos leitores que ficaram até aqui!

Fiquem a vontade para comentar abaixo suas opiniões de anime, sobre o que mais posso estar trazendo de informação e profundidade na coluna, até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s