Se você começar a se perguntar se suas escolhas são realmente significativas e se você alguma vez contribuirá significativamente para o mundo, basta lembrar-se que, no vasto infinito do espaço, seus pensamentos e problemas são materialmente insignificantes, e o sentimento deve diminuir.

– O Narrador

Stanley Parable. Assim como o nome já diz, o jogo trata de uma simples parábola, que gira em torno de um homem chamado Stanley, que vivia sua vida monótona e repetitiva trabalhando em uma grande corporação. Sendo um jogo de exploração, quase um “Walking Simulator”, esta trama pode não animar à primeira vista. No entanto, a genialidade deste indie se encontra nas diversas situações pelas quais é possível se aventurar.

Assim como qualquer fábula, um narrador onisciente define os caminhos, as ações e qualquer pensamento que os personagens ali decidirem tomar. E da mesma forma, o narrador de Stanley Parable define um caminho crítico pelo qual devemos atravessar a fim de alcançar um final clichê. No entanto, são entregues ao jogador diversos momentos pelos quais é possível fugir do fluxo esperado, resultando em diversos finais alternativos, e hilários momentos que quebram a quarta parede.

Mas esta obra, popularizada em 2013, teve sua concepção cinco anos antes. Idealizado em 2008 por Davey Wreden, Stanley Parable surgiu como uma ideia de fugir das narrativas comuns dos jogos, a fim de quebrar as expectativas dos jogadores e entregar uma experiência familiar de uma maneira totalmente nova. Com sonhos de se tornar um desenvolvedor de videogames, Davey decidiu colocar a mão na massa, e trazer uma experiência totalmente diferente dos jogos AAA da época, visto que muitos não permitiam que os jogadores pensassem em rotas alternativas ou métodos diferentes para resolver os desafios. Desta forma, Davey passou a desenvolver um jogo que servisse de assunto para discussões dos jogadores.

Estudando a engine Source, utilizada na criação de jogos como Counter Strike: Source, Half-Life 2 e Portal, Davey passou a tirar sua ideia do papel e, com a inclusão de Kevan Brighting para trabalhar na dublagem do narrador, o projeto tornou-se algo palpável, e teve seu primeiro lançamento ocorrendo em 2011, como uma modificação do jogo Half-Life 2.

Logo após o lançamento da modificação, Davey foi contatado por William Pugh, um desenvolvedor experiente na criação de ambientes utilizando a engine Source. Buscando melhorar o projeto, Pugh sugeriu tornar o mod em um produto completo, com gráficos melhorados e conteúdos adicionais.

Em 2013, a versão remasterizada do jogo foi lançada, acompanhada de uma demonstração jogável e com a inclusão de seções jogáveis de jogos populares como Minecraft e Portal, ambas aprovadas pelos próprios criadores das franquias. Com o lançamento desta nova versão, o jogo recebeu certo destaque da crítica e dos usuários pela otimização e criatividade impostas no projeto, alcançando uma nota de 88/100 no Metacritic.com, e aprovação de 91% dos usuários na plataforma Steam.

Também, em maio de 2014, um pacote de apresentador de Dota 2 foi lançado incluindo o Narrador de Stanley Parable ao MOBA. Em seguida, em outubro de 2015, Davey Wreden lançou um jogo sem a participação de William Pugh, denominado The Beginner’s Guide, cuja jogabilidae se baseia em diversos trabalhos abstratos e incompletos, e conta a história de Wreden e um desenvolvedor “anônimo” chamado Coda, e sua conturbada relação ao desenvolver jogos. Enquanto isso, Pugh abriu um estúdio independente de jogos denominado Crows Crows Crows.

Apesar de lançado há mais de quatro anos, Stanley Parable se mantém um jogo divertido e inovador. O jogo conta com localização em mais de 10 idiomas (sem a tradução em português do Brasil) mas dublagem apenas em inglês.

 

Steam Stanley Parable.png

 

Anúncios

1 comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s