Justice-League-SDCC-BannerA esperança é o único bem comum a todos os homens, aqueles que nada mais têm – ainda a possuem.” Tales de Mileto

Quando um mundo que viu o incrível, se choca com a ausência do mesmo, a estranheza toma conta, algo sombrio permeia aqueles que habitam o planeta, e tudo piora no momento que, ao olhar no espelho, vemos que não há quem culpar, a não ser a nós mesmos, pela falta de discernimento entre o medo do incomum, e a esperança do desconhecido.

superjusticeLiga da Justiça chega aos cinemas para nos mostrar que o mundo aprendeu, e que a ausência do ícone da esperança, é sentida. Sendo um dos filmes mais aguardados pelos fãs de quadrinhos, a Liga tinha o propósito de salvar a humanidade de uma cova, qual ela mesma cavou, enterrada em desigualdade, medo, cobiça e inveja. Eles conseguiram.

justicel1Este é um filme que se reforça no carisma dos personagens, onde sua principal preocupação é nos fazer crer que a liga realmente é uma equipe, e funciona. Batman e Mulher-Maravilha retornam como os pilares centrais, reunindo sem muita delonga os demais personagens, o que é perfeito, não precisamos de muita história para apresentá-los, cada um terá seu longa para se aprofundar, a Liga apenas tinha que trazê-los de forma convincente, e o fez.

Com uma carga dramática inicial, mostrando um mundo sem Superman, sem esperança, vemos que, separados, os personagens ainda são pontos de luz, fazendo o que podem, por quem puderem, porém unidos, acendem o farol de um mundo perdido, e com o desenrolar da trama, algo cresce dentro do espectador, o drama vai dando lugar para a esperança, e diante da ameaça iminente, nos é mostrado que o planeta não está abandonado. Fica evidente que estamos presenciando um renascimento, bem diante dos nossos olhos.

batreunionA equipe funciona de forma magistral, como deveria ser. Os integrantes trazem seu toque pessoal para o time, o Flash é com certeza um dos muitos pontos fortes, e estabelece um elo entre os personagens, conseguindo fazer com que Aquaman e Ciborgue, principalmente este segundo, sintam-se mais à vontade com todos.

A trama do filme é genérica, o vilão Steppenwolf quer invadir a terra para conquistá-la, quer mais quadrinhos do que isso? A equipe então se une de uma forma como apresentada na HQ da Liga da Justiça dos Novos 52, ou a animação Liga da Justiça – Guerra, trocando o vilão e alguns pontos da história. O enredo vai ficando mais leve, na medida em que vemos os heróis sendo o que são, até que por fim, estamos preenchidos com a esperança.

flashrunningO filme conta com pequenos arcos que desenvolvem seus personagens, na medida certa, talvez tenham pecado apenas no pouco tempo de tela entre Clark e sua mãe, Martha, quais possuem uma das cenas mais emocionantes dos filmes de super-heróis. Os combates estão de arrepiar, aqui não existe porrada fofa, é possível sentir o impacto dos golpes, enquanto vemos os personagens em combate. Um adendo para o Superman, o longa acaba apresentando a versão mais poderosa do personagem nos cinemas até então, ele está sensacional.

A Mulher-Maravilha de Gal Gadot está deslumbrante, demonstrando todo o potencial da Amazona, e toda sua simpatia. O rei do mares, Aquaman, está apresentado de forma imponente, você não fará mais piadas com ele, e provavelmente o Steppenwolf vai passar longe de Atlântida da próxima vez, mas o personagem foi pouco utilizado.

aquaman-movie-amber-heard-meraQuanto aos cenários e ambientação, está tudo impecável. Themyscira está bela como sempre, Gotham lembra muito a versão da série de jogos Arkham, uma cidade suja, densa e pesada, inclusive a arquitetura está de acordo com o lado mais gótico da cidade. Já Atlântida aparece pouco, mas deixa a impressão de um reino esquecido, temos a chance de ver a cidade no começo dos tempos e no estado atual, e é possível notar a degradação, tom que insinua que a cidade precisa de seu rei para voltar à sua glória.

Mesmo deixando alguns pontos para a continuação, o filme fecha seu ciclo principal. Sendo um filme de Zack Snyder, não poderiam faltar as referências, os fãs mais ligados poderão captar o que os casuais deixarão de perceber, o longa é uma homenagem aos 75 anos de história da DC Comics, contando com diálogos e cenas que mais parecem terem saltado para fora das páginas da nona arte, principalmente a primeira cena pós-crédito. Sim, o filme conta com duas cenas pós-crédito, a primeira, como disse, uma pura homenagem ao mundo que amamos. Já a segunda cena esquenta as coisas, prepara terreno para o resto do universo cinematográfico, e vai deixar os fãs extasiados.

batgordonComo qualquer filme, nem tudo são flores, e quem gostou de Batman vs Superman por conta da sua filosofia, vai sentir falta dela aqui, o filme acaba sendo mastigado para ser aceito pelo público geral, ainda existem os paralelos traçados, mas não foram apresentados da mesma forma lírica como seu antecessor. Algumas cenas foram cortadas de forma um pouco brusca, talvez mais 10 minutos de filme consertassem isso, deixando que tais cenas se terminassem de forma mais natural.

Não são muitas as piadas durante o longa, sendo que a maior parte se tratam de cenas cômicas, e não de anedotas. Elas estão bem encaixadas na sua maioria, mas algumas se fazem desnecessárias. Por fim, temos também a noção de que o filme gostaria de passar mais alguma coisa, porém acabou sofrendo com os cortes do estúdio. Não influencia no desenrolar da trama e sua coesão, mas se fosse por conta do Snyder, teríamos um aprofundamento maior.

Por fim, os personagens secundários cumprem seus papéis, Martha traz uma cena emocional forte e contracena na maior parte com Lois, qual se encontra ainda em estado de luto. Mera em pouco tempo de tela demonstra uma presença forte, sua perícia com a aquacinese vai deixar os fãs felizes, ainda mais ao notarmos que sua personalidade não destoa dos quadrinhos, a rainha não é uma dama em apuros. O Comissário Gordon mostra-se como uma pessoa que ainda crê no trabalho do morcego, e junto aos pais de Barry e Victor, dão um background para os heróis. Todos os personagens encontram-se muito bem caracterizados.

Liga da Justiça não é perfeito, assim como nenhum filme, até porque estamos tratando de fantasia, é algo que o filme aprendeu, e talvez falte alguns fãs aprenderem, isso é um filme sobre quadrinhos, o lado fantasioso tem que ser abraçado. Cobrar explicações mirabolantes para coisas que são de liberdade criativa, não é necessário, e desvincula do foco principal, que é mostrar o quanto o mundo precisa dos heróis, e quanto cada um pode fazer pelo próximo, mesmo sem possuir poderes, devemos inspirar, devemos ser inspirados. Um belo resgate da era de ouro para a atualidade.

Sim, a era dos heróis voltou.

justice_league_movie_poster


PRÓS

+ A EQUIPE FUNCIONA MUITO BEM JUNTA

+ CARACTERIZAÇÕES IMPECÁVEIS DOS PERSONAGENS

+ DIVERSÃO BEM DOSADA (NA MAIOR PARTE, PELO MENOS)

+ MOTIVAÇÕES DOS PERSONAGENS BEM TRABALHADAS

+ CENAS DE COMBATE SÃO AS MAIS INCRÍVEIS JÁ FEITAS

+ O FILME É UMA GRANDE HOMENAGEM AOS QUADRINHOS


CONTRAS

– VILÃO GENÉRICO

– ALGUMAS PIADAS DESNECESSÁRIAS

– CORTES BRUSCOS QUE ACABAM TIRANDO O PESO DE ALGUMAS CENAS

– AQUAMAN ESTÁ MUITO BEM, MAS É POUCO UTILIZADO

– FALTA DA FILOSOFIA TRABALHADA EM BATMAN VS SUPERMAN


NOTA FINAL: 8.5/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s