Este filme/documentário chamado “Jim & Andy: The Great Beyond” foi dirigido por Chris Smith e lançado pelo serviço de streamming Netflix no dia 17 de novembro de 2017. Nele vemos o ator Jim Carrey enquanto se prepara para reviver Andy Kaufman no filme de 1999, “Man on the Moon”, dirigido por Milos Forman.

O filme alterna entre uma entrevista contemporânea com Jim Carrey e imagens inéditas do making of do filme “Man on the Moon”, quase 20 anos depois de terem sido feitas, onde ele sentia como se o espirito de Andy Kaufman tivesse tomado conta de seu corpo e se recusava a sair do personagem, mesmo durante os bastidores.

Andy Kaufman não era apenas um comediante, mas um dos caras mais malucos de todos os tempos. Ele procurava sempre extrair as emoções da sua plateia de qualquer forma, indiferente se eram risos ou gritos raivosos. Suas performances estavam à frente do nosso tempo e ele não parava mesmo quando as câmeras desligavam. Para ele, era necessário continuar as piadas para aqueles que ainda estavam ali a sua volta, e isso era o que mais assustava as pessoas, pois não compreendiam se ele ainda estava brincando ou não.

Sem jamais sair do personagem, Jim agia da mesma maneira nos bastidores, deixando todos os participantes da produção impressionados e até mesmo irritados com a situação, muitas vezes constrangedora. Em momentos específicos da produção do filme, Jim Carrey entrava de maneira extraordinária no papel de Tony Clifton, que era um personagem criado pelo próprio Andy no qual usava em algumas de suas apresentações.

Mais do que Andy, esse filme mostra a realidade mais crua de como foi difícil para Jim esquecer e sair do personagem após o término de todas as filmagens, e como isso afetou sua vida. Ele aprendeu muito neste momento de sua carreira e diz até hoje que não tenta mais ser o que ele não é. Sua visão do mundo nos dias atuais é bastante pessimista.

“Jim & Andy: The Great Beyond” é um documentário bastante intrigante e cheio de sentimentos. Ver as loucuras realizadas por Carrey durante os bastidores do filme “Man on the Moon” certamente é o que mais chama a atenção aqui. Esta certamente é uma obra que agradará mesmo quem não é fã de Jim ou Andy.

NOTA: 9.0

Anúncios

2 comentários »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s