grandesastrossuperman3Em comemoração aos 80 anos do escoteiro azul, o AliançaQ essa semana irá homenagear o primeiro e maior Super-Herói de todos, em uma de suas histórias mais emblemáticas, Grandes Astros: Superman.

Quando a DC iniciou a linha Grandes Astros, o objetivo era que grandes nomes dos quadrinhos pudessem escrever histórias com os super-heróis da editora sem precisar se preocupar com a cronologia. Assim, Frank Miller ficou encarregado pelo Homem-Morcego, e coube a Grant Morrison a tarefa de escrever uma história do Superman em 12 edições, publicadas entre 2006 e 2008.

Estas 12 edições representam os 12 trabalhos de Superman, em uma óbvia alusão aos 12 trabalhos de Hércules, o semideus da mitologia grega, englobando um total de 302 páginas. O paralelo entre Superman e um deus é algo muito presente nos contos do herói, não apenas pela sua gama de poderes, obviamente, porém muito mais por seus valores e ideais, afinal, como pode alguém tão poderoso, ser mais humano do que os próprios seres humanos.

grandesastrossuperman4Em Grandes Astros: Superman, Morrison propões a seguinte pergunta: o que Superman faria se soubesse que seus dias estão contados? O resultado foi que, junto com o excelente desenhista Frank Quitely, Morrison criou a melhor história do Superman, e uma das melhores histórias de super-heróis, dos últimos anos.

Em um de seus planos mirabolantes, Lex Luthor sobrecarrega as células do herói com energia solar amarela e elas começam a morrer. Diante de sua mortalidade, logo detectada pelo super-cientista Leo Quintum, Superman passa a fazer uma espécie de lista de tarefas que tem que completar antes de morrer. O trunfo está em a HQ não se contentar em apenas apresentar os trabalhos sendo realizados, ela é muito mais do que a soma de suas partes, Morrison encapsula a essência de Superman e a destrincha vagarosamente ao longo de centenas de páginas.

grandesastrossuperman5O enredo é uma espécie de super-resumo para os 80 anos de vida do herói, em que os exageros de tudo que escreveram para ele ficam ainda mais exagerados. Afinal de contas, agora, por causa de seu passeio solar mortal, Superman está ainda mais poderoso, imune até à kryptonita e pode fazer o que quiser.

Com esse plot, Grant Morrison nos mostra porque o Superman é o maior herói de todos, não se limitando apenas a salvar Metrópolis de ataques de monstros. Em uma das edições mais belas da saga, o roteirista nos mostra que nem só de superpoderes vivem os heróis, quando o Superman convence um adolescente a não cometer suicídio. Seria fácil para o herói esperar o garoto pular do prédio e salvá-lo, mas que bem isso faria a ele? Em vez disso, o azulão para e conversa com o garoto, escuta seus problemas e, finalmente, faz com que ele perceba que sua vida tem importância para o mundo. A arte sensacional de Frank Quitely só ajuda a tornar a história ainda melhor, mostrando a passagem de tempo e toda a calma com que o Superman lida com a situação.

grandesastrossuperman6Outro ponto forte da HQ é que ela não se trata apenas de uma utopia filosófica do escoteiro, a história flui muito bem entre ideais e combates, no ritmo certo, dando espaço para a euforia da ação, e a calmaria da reflexão.

A arte de Quitely não é das mais comuns, mas dita o tom certo da história. Seu Superman gigante com uma capinha vermelha é bem diferente do que estamos acostumados, assim como muitos dos personagens coadjuvantes, que são recriados para a história. O artista também não ousa na composição dos quadros, o que é bem vindo aqui, fazendo com que o leitor não perca o foco da narrativa.

grandesastrossuperman7Aqueles que não gostam do herói por ser poderoso, provavelmente não aprovarão a abordagem de seus poderes absurdos aqui, já que englobando tantos anos de história do azulão, Morrison acaba por deixa-lo quase imbatível. Um ponto que também pode acabar desagradando é que, por tentar falar muito em muito pouco espaço, por várias vezes o texto é confuso e críptico, especialmente no último capítulo em que Superman tem que enfrentar seu arqui-inimigo, ao mesmo tempo que um engolidor de sóis se aproxima da Terra.

Grandes Astros: Superman é, apesar dos pesares, uma história que deve ser lida pelos amantes de heróis, dos quadrinhos, ou até mesmo os que não são familiarizados com esse mundo, o trabalho unificado de Morrison, Quitely e o colorista digital Jamie Grant é algo a ser apreciado, demonstrando o porquê de o Homem de Aço ser o maior herói de todos, com ou sem poderes. Para o alto e avante!

grandesastrossuperman2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s