The Swords of Ditto é uma produção independente, desenvolvido pela empresa OneBitBeyond e publicado pela Devolver Digital. Lançado em 24 de Abril de 2018 para PC e PS4, o jogo acompanha a narrativa de um herói que empunha a Espada de Ditto, e deve evoluir em uma quantidade limitada de dias para derrotar a vilã Mormo.

O jogo inicia com o herói, sem nome, acorda em uma praia, e o guia místico Puku o acorda. Logo na introdução, o jogador é colocado em uma atmosfera típica de aventuras dos anos 80. Uma vilã promete acabar com o mundo, e o herói lendário deve empunhar a espada lendária e vencer o mal. No entanto, alguns minutos após empunhar a tal espada, é apresentada a principal mecânica do jogo: Morrer, reviver e evoluir.

Logo após o fracasso do primeiro herói lendário, o jogo reinicia com um novo personagem, um mundo alterado e novos desafios e recompensas. No melhor estilo Roguelike, o jogador é colocado para treinar por alguns dias até enfrentar novamente a Mormo. Esse fator torna The Swords Of Ditto atraente para fãs de jogos como Rogue Legacy, Binding of Isaac e outros jogos do gênero, mas pode assustar jogadores que busquem uma aventura comum, visto que ao morrer, o jogador perde tudo que conquistou no decorrer da aventura, com exceção de alguns itens principais, dinheiro e nível do personagem.

Como o jogo não segue um fluxo contínuo para todos os jogadores, a história também pode parecer vaga. Visto que a maneira na qual a narrativa e a história do mundo é contada por meio de documentos espalhados em calabouços, é muito fácil que os jogadores acabem ignorando a história e partindo para as seções de ação e aventura que o jogo proporciona.

O combate, movimentação e uso de habilidades é claramente baseado nos jogos 2D da série Zelda. Fica evidente que os desenvolvedores optaram por tomar certos elementos de diversos jogos como base a fim de criar um jogo divertido, mas não muito original. Por conta de diversas mecânicas do jogo terem sido baseadas em jogos anteriores. o sentimento proporcionado é de nostalgia e, ao mesmo tempo, familiaridade. E, por conta do jogo se assemelhar à franquia Zelda, fica um sentimento de vazio, onde a jogabilidade parece estar correta, mas falta profundidade para que o jogador deseje retornar ao mundo mesmo tendo perdido todos os equipamentos na partida anterior.

Porém, toda essa frustração de não possuir uma história complexa e o jogo se tornar repetitivo é sanada no modo cooperativo. Permitindo até 2 jogadores simultâneos, as partidas se tornam ainda mais duradores e recompensadoras, visto que 2 jogadores conseguem coletar o dobro de recursos, e enfrentar inimigos em metade do tempo, tornando toda a experiência menos frustrante.

Vale destacar que a estética do jogo é um grande ponto forte. Com lindos visuais cartunescos, iluminação bem trabalhada e partículas cheias de vida, o jogo proporciona um deleite aos olhos do jogador, dando o sentimento de assistir um desenho animado de visuais muito polidos, com personagens carismáticos e um mundo repleto de detalhes.

the-swords-of-ditto-screen-10

The Swords of Ditto não é uma experiência para todos, mas possui diversos pontos positivos que podem atrair uma legião de fãs de RogueLike. Considerando que o jogo conta com elementos de diferentes jogos condensados em um RPG Roguelike, parece que algo está faltando para fazer com que os jogadores se interessem pelo mundo e pelo contexto no qual é imerso. No fator multiplayer The Swords of Ditto se destaca, mas caso busque uma experiência única, repleta de ação e reviravoltas, esse jogo não foi feito para você.


PRÓS

+ Jogabilidade fluida e polida, com uma ampla variedade de habilidades e equipamentos.
+ Divertido para jogar com mais uma pessoa.
+ Gráficos lindíssimos, mundo vivo.
+ Completamente localizado em Português do Brasil.


CONTRAS

– História pouco aprofundada.
– Pode ser frustrante em diversos momentos, por conta da dificuldade e por definir um prazo curto para completar a missão.
– Não agradará a todos os públicos, se restringe a fãs do gênero Roguelike.


NOTA FINAL: 7,5

Jogo analisado pelo Playstation 4 com código fornecido pela Devolver Digital

 

Anúncios

Deixe uma resposta