Tendo se reunido com a noiva Vanessa (Morena Baccarin), Wade Wilson / Deadpool (Ryan Reynolds) continua com sua jornada de combate ao crime. Mas quando o mutante Cable (Josh Brolin) viaja do futuro para matar uma criança mutante superpoderosa, Deadpool forma a equipe X-Force para enfrentá-lo.

Deadpool é um cara com seu próprio conjunto de regras, no qual ninguém é capaz de compreender totalmente. Quebrar a quarta parede é algo completamente normal para ele, e talvez para alguns espectadores desprovidos de intelecto, nada disso faça sentido. É justo dizer também que, se você não se deu bem com a comédia sinistra e a sangrenta violência do primeiro filme, você provavelmente não encontrará muito consolo desta vez. Mas se você estiver a bordo para o passeio, Deadpool 2 é mais divertido do que nunca.

Deadpool está deprimido por grande parte do filme, uma escolha corajosa para uma franquia fundada em piadas extremas. Mas o roteiro (que acrescenta Reynolds como co-roteirista, ao lado de Rhett Reese e Paul Wernick) praticamente concilia suas surpreendentes diversões emocionais ao lado da barbaridade padrão. O solitário Wade agora está desesperado por uma família, e Reynolds consegue vender o material mais sombrio debaixo de seu elastano vermelho.

Wade encontra uma família em uma infinidade de novos personagens, a maioria tirada das histórias em quadrinhos, e mais uma melhoria nos vilões bastante chatos do primeiro filme. Mas os destaques claros são Dominó (Zazie Beetz), cujo superpoder é apenas a sorte, que a torna agradavelmente invencível e Cable (Josh Brolin), retratado como um super soldado mutante vindo do futuro para vingar a morte de sua família. Você vai rapidamente esquecer que Brolin também era Thanos (mesmo que Deadpool lhe lembre disso alegremente), já que ele incorpora seu papel como nenhum outro ator faria.

Mas apesar do conjunto inchado, ainda é o show de Reynolds. Cortando meliantes enquanto utiliza um par de sapatos de salto alto ou fazendo piadas a respeito de John Wick, Logan, Lanterna Verde, Martha e a DC, pode-se dizer que esta é a rara sequência que ultrapassa o original – mas como Deadpool diria: “Isso é apenas uma escrita preguiçosa”.

Mais engraçado, imundo e divertido, Deadpool não dá bola fora: o homem-criança travesso do universo dos X-Men que consegue vencê-los em seu próprio jogo. Deadpool 2 é muito mais do que o filme que você estava esperando, e não se esqueça de assistir as cenas pós-credito, que são facilmente as melhores já criadas para qualquer filme da Marvel.


PRÓS

+ Cable é simplesmente fantástico
+ Todos os personagens são divertidos
+ Há muito mais liberdade para a zoeira agora
+ Seriedade e humor misturados de forma magistral
+ Easter-eggs em todos os cantos
+ Cenas pós-creditos que ficarão guardadas na memórias para todo o sempre


CONTRAS

– Trilha sonora não chama a atenção
– Roteiro mais simples
– As lutas são menos divertidas do que no primeiro filme


NOTA FINAL: 9,0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s