RambroDangerScene.png

I Hate Running Backwards é um jogo do gênero Roguelike que junta o estilo de jogo dos Runner aos Shooters de visão aérea, culminando em uma experiência frenética. O jogo é desenvolvido pela Binx Interactive e publicado pela Devolver Digital. Lançado para PC, Playstation 4 e Xbox One em 22 de maio, e com lançamento para Nintendo Switch previsto para o segundo semestre de 2018,  o jogo coloca os jogadores em corridas infinitas, com inimigos surgindo na extremidade inferior da tela e atacando os jogadores provocando uma jogabilidade intensa, repleta de elementos diversos que podem testar até o melhor dos jogadores.

I Hate Running Backwards não possui uma história muito clara, apresentando o personagem Serious Sam em uma aventura contra o vilão Ugh-Zan. Para derrotar o inimigo, o personagem se une a diversos personagens de diversas franquias famosas da Devolver Digital que irão o auxiliar na destruição do exército do vilão.

Sand_Night_Sam.png

Com uma história básica, o jogo tem como foco a jogabilidade, frenética e repleta de ação. Com um combate à lá Galaga e outros jogos de perspectiva top-down, os jogadores escolhem dentre diferentes personagens de diversas franquias relacionadas à Devolver Digital, com personagens de Hotline Miami, Enter The Gungeon, Serious Sam, Broforce e Shadow Warrior. Cada um dos personagens possui diferentes atributos e ataques. Também, durante as partidas, é possível encontrar itens especias que garantem aos jogadores diferentes habilidades e poderes, além de permitir aperfeiçoamento dos próprios personagens ao derrotar os chefes das fases. Durante as partidas, os jogadores devem lutar contra hordas de inimigos, até alcançar um chefe de fase. Vale lembrar que os cenários são completamente destrutíveis, desde os objetos mais simples às edificações que compõem as cidades do jogo. Ao derrotar o chefe, a partida continua no mesmo ritmo, enfrentando inimigos e alcançando novamente o chefe da fase.

Visto que o jogo possui capacidade para até dois jogadores simultâneos, é possível se juntar a um parceiro para facilitar e tornar o gameplay ainda mais dinâmico. No entanto, por conta da frustrante dificuldade e da repetitiva jogabilidade, mesmo em dois jogadores as partidas tendem a serem monótonas. Também, por conta da progressão ser um pouco abstrata, muitas das partidas acabam sem recompensa alguma, tornando uma partida de diversos minutos ainda menos divertida, gerando um sentimento de desperdício de tempo.

Sand_Day_Freddie_Ultimate.png

O visual do jogo tem influências Voxel, com personagens simplificados ao estilo gráfico popularizado por Minecraft. Os cenários, inimigos e todo o mundo do jogo segue este look-and-feel, que se mostra simples e fácil de reproduzir, mas também é agradável quando bem ambientado, como é o caso do jogo. A trilha sonora é pouco marcante, com músicas de ação genéricas, mas que acompanham a jogabilidade e imergem nos ambientes frenéticos. Um grande ponto a ser ressaltado é o fato de tanto a jogabilidade quanto os visuais e a ambientação do jogo se assemelharem aos jogos da era Playstation 1 e Nintendo 64, de maneira com que o jogo provoque um sentimento de familiaridade enquanto possui diversos elementos ultrapassados na atual geração de jogos.

PartyWithMonstersScene.png

I Hate Running Backwards é um jogo extremamente simples, empolgando pouco e parecendo um top-down shooter genérico, com elementos de Roguelike que dificultam ainda mais o aproveitamento de toda a experiência. O destaque vai aos personagens, todos únicos e que promovem um crossover entre diversas franquias populares publicadas pela Devolver Digital, promovendo um certo afeto com os avatares jogáveis. Também, o modo multijogador pode empolgar diversas duplas de jogadores que buscam por algo desafiador e de jogabilidade arcade.


PRÓS

+ Jogabilidade frenética, com capacidade para 2 jogadores.
+ Diversos personagens familiares dos jogos independentes.
+ Vasta gama de desbloqueáveis.
+ Look-and-feel agradável.


CONTRAS

– Jogabilidade maçante, com fases extremamente repetitivas.
– Dificuldade extremamente elevada, frustrante em diversos momentos.
– Recompensas difíceis de se conquistar, com progressão pouco clara.


NOTA FINAL: 5,5

Jogo analisado pela Steam com código fornecido pela Devolver Digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s