Call of Cthulhu é um jogo de terror investigativo desenvolvido pela Cyanide e publicado pela Focus Home Interactive para PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows e Nintendo Switch, lançado no dia 30 de outubro de 2018. O jogo apresenta um ambiente semi-aberto e irá incorporar temas de Lovecraft e horror psicológico em uma história que inclui elementos de investigação e furtividade.

O detetive Pierce tem estado com falta de casos para trabalhar até um dia fatídico. Um homem entra em seu escritório e pede que ele tome o caso de Sarah Hawkins, uma parente que foi culpada pelo homicídio de toda a família Hawkins ao atear fogo em sua propriedade. Depois de questionar a validade do pedido do homem, Pierce aceita ir para Darkwater, uma cidade de pesca de baleias localizada em uma ilha remota. Logo em sua investigação, Pierce acha que as coisas não correspondem às alegações e relatórios policiais, mas é de seu interesse procurar a verdade que o leva a acontecimentos estranhos. Uma verdade que vem na forma de alucinações, experiências extracorpóreas e outros fenômenos bizarros à medida que ele mergulha mais fundo no que realmente aconteceu com não apenas a família Hawkins, mas toda a cidade de Darkwater.

Você passará a maior parte do jogo examinando os arredores e procurando pistas sobre o seu caso. Mesmo em momentos em que você não acha que está procurando pistas, a interação com pessoas específicas ou com uma parte do ambiente pode desbloquear itens de conversa essenciais ao entrevistar pessoas-chave. Ter conversas com todos na vizinhança não é sempre uma necessidade, mas ajuda você a descobrir mais sobre o folclore de Darkwater.

Os quebra-cabeças são principalmente na forma de “encontrar as partes certas nesta área e depois colocá-las todas juntas para prosseguir”, mas existem alguns outros quebra-cabeças no jogo. Em algum momento, você terá que usar a lâmpada certa para encontrar pontos-chave específicos e interagir com os mesmos. Até mesmo as “lutas” contra inimigos são uma forma de quebra-cabeça, que era interessante ter ao invés de apenas lutar direto para sobreviver.

Há uma árvore de habilidades envolvida também. Essas habilidades diferentes podem ser melhoradas usando pontos de personagem que você ganha enquanto resolve o caso. Você também terá que encontrar alguns livros ao longo do jogo para melhorar algumas habilidades bem especificas. Quanto maior suas habilidades, mais isso afetará diretamente o conjunto de informações que você aprenderá.

A única dica que vou lhe fornecer é aprender o seu entorno. Conhecer os caminhos diferentes para que você não se perca, entender o que precisa ser feito para prosseguir e se preparar para o pior em todas as situações é a única maneira verdadeira de sobreviver por tempo suficiente para conhecer a verdade.

Enquanto o jogo inteiro tem um design gráfico razoavelmente abaixo da média que faz com que as pessoas e criaturas pareçam semi-realistas, esta é facilmente a parte mais problemática do jogo. A linguagem corporal das várias pessoas com as quais você fala parece ter um loop similar e não um que é normal para uma conversa típica. Mesmo os pontos climáticos do NPC tinham um estilo menos imersivo de linguagem corporal para combinar com o tom da conversa. Há também um monte de recursos reutilizados quando se trata de personagens como todo mundo parece ter um dos três tipos faciais diferentes e só tem pelos faciais diferentes para diferenciá-los.

Efeitos sonoros e música estavam a par com toda a aventura. Mantendo as coisas estranhas com os momentos silenciosos e os tons baixos. Apreciei a falta de ruídos aleatórios sem propósito e um foco em ter uma razão consistente para os diferentes sons que seriam feitos ao longo de sua jornada.

Call of Cthulhu tem quebra-cabeças misteriosos, complicados e convincentes que trazem você para uma história interessante e perturbadora, fazendo deste um dos melhores jogos de terror de detetive que eu já tive o prazer de desfrutar. Um jogo primordial para qualquer fã do gênero.


Prós
+ História fantástica.
+ Excelente jogabilidade.
+ Atmosfera aterradora.
+ Personagens interessantes.


Contras
– Expressões faciais dos NPC’s não convencem.
– Visuais abaixo da média.
– Pequenos bugs em diferentes momentos do jogo.


NOTA FINAL: 8.0 / 10.0

Analisado pela Steam

com código de jogo fornecido pela Focus Home Interactive.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s