Achou Dark Souls muito fácil? Gosta de jogos simples, diretos mas com um nível de dificuldade quase sadomasoquista? Quer uma versão de Shadow Of The Colossus onde você morre dez vezes só pra entender a mecânica do chefão? Curte um jogo onde você em vez de fica mais forte ao decorrer dele, você fica mais fraco? Te apresento Sinner: Sacrifice for Redemption, o jogo que resumi tudo isso do jeito mais insano e hard-core que já vi. Você assumi o papel de Adam, e você precisa derrotar um monstro para cada pecado capital que cometeu, a palavra “sacrifício” é levada a sério neste jogo. O jogo está disponível para Xbox One, Ps4,Switch e Pc.

Sinner gluton

O gráfico é bem feito, com pequenas ausências de contorno, mas isso apenas no modo portátil do Switch. O gráfico lembra muito da pegada do Dark Souls.

A tela de loading as vezes pode demorar um pouco e já aconteceu umas duas vezes de dar uma pequena travada durante as batalhas, e isso foi frustrante, ainda mais se tratando neste tipo de jogo.

A jogabilidade consiste em basicamente dar incontáveis golpes no chefão, mas não aguentar tomar uns três tapas dele. O jogo é bastante intenso então você perde a noção do tempo. Na teoria é tudo simples, você tem que derrotar os sete chefões, um pra cada pecado e na ordem que preferir, mais um chefão final e pra fazer isso você pode atacar, desviar, bloquear, passar raiva e implorar por misericórdia. Faça tudo isto empunhando uma espada com escudo, ou com uma espada de duas mãos (a troca de armas pode ser feita de forma instantânea durante os combates), além de alguns itens acessórios como lança, poção de vida, bombas e etc.

Sinner-gif-1

O diferencial é por conta dos sacrifícios que Adam faz para enfrentar cada chefão, eles são cumulativos.

Exemplo: para você enfrentar o “Orgulhoso Rhodes”, você sacrifica parte do seu dano. Após vence-lo você escolhe outro chefão para enfrentar e assim ganhará outra fraqueza. Algumas fraquezas são: Redução de vida, redução do inventário, enfraquecimento do escudo e assim vai. Quanto mais longe você for, mais fraco ficará.

Apesar da dificuldade, o jogo é curto pelo fato de ser “só” 8 chefões, mais isto não vai ter impedir de ter centenas de horas de jogo.

CONCLUSÃO

Jogo muito bem desenvolvido e desafiador, bom custo benefício e cumprirá super bem a função de ganhar os fãs de Dark Souls. Recomendo muito mas já deixou avisado que é só pra quem tem muita paciência.


PRÓS

+ Bom Custo Benefício.

+ Dificuldade desafiadora

+ Boa qualidade gráfica.


CONTRA

– Tela de loading demorada.


NOTA FINAL 8.0/10.0


Analisado pelo Switch com código de jogo publicado pela Another Indie e desenvolvido pela Dark Star Game Studio.

Anúncios

4 comentários »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s