Resultado de imagem para chrono triggerMesmo não estando mais em evidência, existem títulos que marcaram tanto o gênero RPG quanto os jogadores, merecendo serem lembrados. Muitos geraram franquias de sucesso, alguns encontram-se esquecidos, mas todos proporcionaram momentos inesquecíveis para aqueles que os desbravaram.

– Chrono Trigger

chrono-trigger-bannerTido com um dos maiores RPG’s até os dias atuais, Chrono Trigger marcou uma geração e serviu como inspiração para diversos títulos subsequentes. O clássico reuniu produtores de renome da então SquareSoft, criadores de Final Fantasy, com o mangaká Akira Toriyama, criador de Dragon Ball, e foi lançado em 1995 para o Super Nintendo.

Com uma abordagem de viagem no tempo, o título equilibra perfeitamente a narrativa com humor, tensão e momentos marcantes, cativando até hoje praticamente qualquer interessado no gênero, sendo impossível não se encantar com as aventuras de Chrono, Luccca e Frog.

– Final Fantasy VII

Final-fantasy-VII-BannerImpossível ser deixado de fora, o título é com certeza um marco na indústria e nos nossos corações. Também lançado pela ainda Squaresoft, mas em 1997 e para playstation, o sétimo título da consolidada franquia elevou os RPG’s à um novo patamar, sendo o primeiro a ser lançado fora de um console da Nintendo (o que causou algumas polêmicas na época) e também o primeiro a utilizar gráficos 3D.

A história de Cloud Strife é mundialmente conhecida e o jogo possui uma épica story line, considerada por muitos como perfeita. Sem dúvida é o título mais famoso da série, possuindo spin offs e um filme.

– Secret of Mana

secret-of-mana-bannerA Square é uma das empresas que mais marcaram o genêro RPG sem dúvidas, prova disso é que mesmo com a já consolidada franquia Final Fantasy, a mesma resolver lançar um novo título despretensioso, mas que acabou se tornando um grande sucesso de público. Secret of Mana encantava com belos visuais e um foco na exploração ainda inédito nos jogos, além de um sistema de combate em tempo real e um modo multiplayer excepcional.

– Shining Force 2

shining-force-ii-bannerDesenvolvido pela Sonic! Software Planning para o Mega Drive, o jogo mistura elementos de Demons & Dragon com um incrível sistema de combate, pois mesmo que sua história fosse atrativa, as batalhas são o destaque. O título contava com um sistema tático onde se fazia necessário planejar o posicionamento das suas unidades, assim como entrar em combate de forma cautelosa, do contrário a morte era certa. O game ainda contava com diversos segredos a serem descobertos, como cidades escondidas e uma batalha secreta acessível apenas após se completar a história.

– Terranigma

Terranigma-bannerUm título que por não ter sido lançado nos EUA acabou não sendo tão conhecido pelo público ocidental, mas que não deve em nada para os grandes RPG’s da época. Terranigma foi lançado na chamada “sobrevida” do SNES em 1996, desenvolvido pela Quintet em uma época que os RPG’s vinham perdendo espaço para os jogos de ação 3D do Playstatios e Saturn.

Com temas contemporâneos, o enredo narrava a destruição e ressurreição da terra e contava com um sistema de combate em tempo real impecável, aproveitando todo o potencial do SNES, sem dúvidas sendo um dos mais belos do sistema.

– Super Mario RPG

Super-Mario-RPG-BannerDe forma inusitada, em 1996 a Nintendo entregou um título esplêndido de RPG focado no seu famoso encanador. Muitos não acreditavam na ideia inicialmente, mas se provaram enganados. O game combina de forma magistral os elementos da franquia principal de Mario, com ingredientes de RPG, sendo tido até hoje como um dos melhores não só da época, como do gênero.

– Final Fantasy VI

Final-Fantasy-VI-BannerQualquer lista que se preze sobre o gênero não contará com apenas um título da franquia, qual é conhecida por ser inovadora e marcante a cada novo lançamento. Ambientando em um mundo onde a magia estava quase extinta, FF VI narra uma história excepcional e sombria, repleta de sacrifícios e momentos memoráveis, assim como uma trilha sonora inesquecível e belos visuais. O jogo ainda contava com um incrível sistema de evolução para as magias e batalhas com invocações dos famosos Summons.

– Legend of Legaia

Legend-of-Legaia-BannerLançado em 1998 para o Playstation pela desenvolvedora Contrail, Legend of Legaia é um RPG em 3D que conta com uma história imersiva e um vasto mundo a ser visitado. Destaques inovadores do título se davam pelas sidequests que iam de pescaria até dança, NPC’s que pediam ajuda ao longo do caminho com missões tão interessantes quanto as principais e um sistema de combate incomum.

Diferente de sistema por turno ou em tempo real, aqui os personagens possuíam um medidor de quantidade de ações para se realizar e, por meio dos direcionais, o jogador tinha que tentar as mais variadas combinações para executar combos diferenciados.

– Breath of Fire III

Twitch-Breath-of-Fire-III-bannerA Capcom já havia consolidado sua franquia Breath of Fire, mas foi em 1997 com o lançamento do terceiro capítulo que a empresa revolucionou alguns aspectos do gênero. Mesclando gráficos 2D com animações ricas em detalhes, o título sofreu por ter sido lançado no mesmo ano que o estrondoso FFVIII, mas ainda assim conseguiu se sair muito bem nas vendas e conquistou seu público.

O sistema de batalha é o conhecido por turnos, mas inovava por ao entrar em combate não se carregar uma nova tela, com a equipe apenas se alinhando e os inimigos aparecendo para o embate. O game também inovou com o seu famoso sistema de “Mestres”, onde os personagens podem se tornar aprendizes de determinados NPCs e, ao subirem de level, adquirem atributos positivos e negativos, criando as mais diversas possibilidades.

– Final Fantasy IV

Final-Fantasy-IV-BannerPara finalizar a lista, o título que sedimentou as características que seriam utilizadas em praticamente todos os jogos subsequentes da franquia. FF IV é o responsável pela introdução dos famosos Summons, Chocobos e ao adjetivo “spoony” (Algo como dócil ou sentimental.

Detentor de uma profunda gameplay, o título lançado em 1991 estreou o modo que viria a ser muito utilizado no gênero como um todo, o Active Time Battles, onde a sua velocidade em escolher as ações e magias afetaria a ordem que elas seriam ativadas na batalha.

Para evitar confusões, vale lembrar que o game recebeu a numeração II ao chegar no ocidente, pois as prequels II e III não haviam sido lançadas fora do Japão na época, algo corrigido posteriormente.

Além destes, muitos outros títulos marcaram a história e nossa memória, qual outro poderia estar na lista também na sua opinião?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s