Desenvolvido e publicado pela Stingbot Games, chega ao Nintendo Switch uma nova aventura para nós jogadores, The Forbidden Arts. Confira no video abaixo o trailer do jogo.

The Forbidden Arts é um jogo de plataforma de aventura de ação com foco em descoberta e exploração. Nele você assume o papel de um garoto chamado Phoenix, que manipula o elemento fogo. Através desta manipulação você atacada, defende e manipula o ambiente das fases que compõem esta aventura.

Os grandes desafios do jogo estão em testar sua agilidade ao escalar paredes, pular sobre lacunas, subir trepadeiras e manobrar em vários ambientes distintos, cheios de obstáculos e desafios. Para acompanhar seu caminho, uma narrativa boa o suficiente, apesar de pouca ou nenhuma voz, há certa quantidade de diálogos para mantê-lo ocupado enquanto você explora as aldeias e o mundo superior.

The Forbidden Arts 2

Nem tudo são flores e os problemas começam após o tutorial do jogo, o personagem utiliza o poder do fogo aliado a duas espadas, a detecção de acerto é fraca e os saltos deixam a desejar. Ao acionar o fogo para atacar, por vezes o dano nos inimigos não é tão significativo quanto o esforço para acertá-los, principalmente os voadores, esses sim dão trabalho não pelo nível de força, mas sim pela jogabilidade.

Os poderes de fogo do personagem são finitos, por isso você precisa se aproximar de fogueira e recarregar a barra de magia. Não me lembro de ter tido dificuldade em utilizar o poder sempre que necessário e ficar sem nada disponível, me arrisco a dizer que era tão fácil se organizar para recarregar nas fogueiras, que mal pode ser considerado um item de estratégia ou dificuldade do jogo.

The Forbidden Arts 1

CONCLUSÃO

O trailer de lançamento do jogo me empolgou bastante, a cada notícia lançada a hype aumentava, mas ao primeiro contato com o gameplay ficou claro que as expectativas seriam frustadas. Apesar de em alguns momentos a imagem ser realmente um pintura, isso não se repete ao longo do jogo. E ainda ficaria satisfeito jogando se a jogabilidade não fosse repetitiva.

Se estiver curioso, vá em frente e conheça mais a fundo este game. Na dúvida, aguarde uma promoção.


PONTOS POSITIVOS:

+ Jogo decente de plataforma com tempo de load mínimo entre as telas

PONTOS NEGATIVOS:

– Inteligência artificial inimiga fraca e mecanismos elementares que fazem toda a experiência parecer muito repetitiva

– Sistema de combate repetitivo independente do inimigo que você está enfrentando


NOTA FINAL: 4 / 10


Stingbot Games disponibilizou o jogo em sua versão digital para Nintendo Switch.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s