Devido ao sucesso de bilheteria no primeiro filme, que lançou em 2017 e arrecadou mais de US$800 milhões, temos uma sequência onde é nítida a liberdade que a Warner deu tanto para a diretora Jenkins quanto para a atriz Gal Gadot. O resultado disto é Mulher-Maravilha 1984, que eu considero um presente de fim de ano para todos os fãs da DCEU e até mesmo uma porta de entrada para novos fãs.

Seu antecessor não é perfeito, e por causa de algumas falhas o filme afastou a chegada de novos fãs. Algo que pode ser revertido agora com esta sequência que está simplesmente fenomenal.

Como o nome diz, o filme se passa em 1984 e a diretora Jenkins deixou claro que a escolha do ano tem haver com distopia do Grande Irmão e a referência ao mundo atual. A década de oitenta também traz uma paleta de cores bem maior que a Warner costuma usar em seus filmes de herói, além de trazer um charme a mais.

FALAREI SOBRE TUDO DANDO O MENOR SPOILER POSSÍVEL. FIQUE TRANQUILO!

O vídeo acima mostra parte de como o filme começa. Diana recorda a infância e como ela era cobrada, aprende que a verdade é a única coisa que importa e que o mundo ainda não estava pronto para tudo que ela poderia fazer por ele.

O filme explora muito bem o desenvolvimento da personagem, tendo em vista que os acontecimentos aqui foram antes de Batman VS Superman e Liga da Justiça.

ATUAÇÕES

Que Gadot nasceu para o papel de Mulher-Maravilha não é nenhuma novidade. A atriz tira de letra todas as cenas e me surpreendeu em uma cena onde ela chora e consegue demonstrar a fragilidade de uma mulher e a fúria de um guerreira ao mesmo tempo. Sensacional e comovente.

Outro destaque é Pedro Pascal, como Maxwell Lord. Seu personagem é pura ambição e maldade mas o carisma de Pascal vem com tal intensidade que põe o espectador na palma de sua mão. A sua gesticulação é bem elaborada e seu modo de falar é único, só espero que a dublagem fique à altura.

Kristen Wiig faz o papel de Barbara Minerva (Mulher-Leopardo) e senti que ela poderia ter sido mais aproveitada. Sua atuação foi boa, porém me fez parecer que ela só sabia fazer a “cara de brava” e nada mais.

DESENVOLVIMENTO DOS PERSONAGENS

Resumidamente: Fantástico!

Acertaram em cheio onde falharam no primeiro filme. Fazendo uma construção fantástica dos vilões e de como eles se unem no final. Enquanto um ambiciona ter mais a outra ambiciona ser mais (essa parte entrarei em mais detalhes em breve).

O filme avança em um ritmo perfeito e cronometrado. O crescimento e desenvolvimento dos vilões e da Mulher-Maravilha ocorreu simultaneamente e de uma forma bem transparente, o que agrada principalmente os fãs mais leigos da franquia DCEU.

UM FILME, TRÊS HISTÓRIAS, UMA CHUVA DE LIÇÕES DE VIDA

O filme encaixa perfeitamente no momento atual, e muitas lições são tiradas daqui, em um filme que é mais que inspirador. Não tem como falar tudo sem entregar um spoiler ou outro, então vou só citar alguns desses ensinamentos:

  • Os fins não justificam os meios – As ambições de Maxwell e Barbara os levam a caminhos tortuosos e sinistros;
  • Cuidado com o que deseja;
  • O que fazer quando o mundo estiver em caos?;
  • Nem tudo é do jeito que a gente quer;
  • O autêntico poder de uma verdade, mesmo que ela doa.

Além disto tudo o filme trás três histórias que se fundem ao longo do filme:

  • Um romance com alívio cômico e drama;
  • O desespero de uma mulher rejeitada;
  • O perigo de um homem ambicioso demais.

Conseguiram colocar tudo isto e muito mais em um único filme e sem deixa-lo complexo. Incrível é o que o define.

CENAS DE COMBATE, TRILHA SONORA E EFEITOS GRÁFICOS

A computação gráfica no primeiro filme foi repleta de efeitos exagerados. Isso foi prejudicial, ainda mais se levando em conta que é a Mulher-Maravilha. Agora na sequência temos um combate mais fluido e com bem menos efeitos.

Quando a gente vai ao cinema pra ver Mulher-Maravilha a gente não quer feixe de luz, a gente quer troca de soco, carro sendo jogado com a força do braço, pessoas sendo amarradas e arremessadas, chute na cara, balas sendo desviadas e edifícios sendo destruídos. E finalmente nos deram isso decentemente!

Os combates estão insanos e o uso da corda está melhor que nunca. Poucas trocas de câmera durante o combate corpo-a-corpo passam a sensação de que foi tudo bem coreografado e gravado de uma única vez, diferente de quando a câmera muda de posição a cada soco, e a ideia que dá é que gravaram varias cenas e remendaram tudo (alô, Marvel!).

Está bem, confesso que não entendo o motivo de darem o efeito “Flash” quando ela corre (pra mim jamais fará sentido), mas é o único defeito que vejo na computação gráfica deste filme.

A trilha sonora é repleta de referência aos anos oitenta, e ao mesmo tempo trás recordações à cidade natal de Diana. Tem um coral de fundo em algumas partes que ficaram de arrepiar no IMAX do cinema, ambiente que deixa a experiência mil vezes melhor!

A “BATATLHA FINAL”

Como nem tudo são flores deixarei aqui meu maior descontentamento e, novamente, sem spoiler: Qual a graça de criarem um vilão tão bem para ser derrotado tão rápido? A batalha contra a Barbara foi de tirar o fôlego, ainda mais com essa nova armadura, mas esperava um confronto melhor contra o Maxwell e inclusive digo que ele foi tão bem elaborado que poderia sim ser aproveitado em outro filme caso não tivesse sido “derrotado”.

RESUMO

Independente da minha saudade de ver filme no cinema, o filme é SENSACIONAL! É um filme repleto de informação e ao mesmo tempo transparente, que têm lutas insanas mas também traz pitadas de romance, comédia, drama e inspirações. O filme traz diversas mensagens que combinam muito bem com o nosso momento atual. Sem mais, vá ao cinema e veja este presente da Warner.

Para provar que não houve spoiler, quase tudo que falei têm no trailer principal. Confira:


PONTOS POSITIVOS

+Ótimas atuações;
+Vilões bem desenvolvidos;
+Enredo elaborado;
+Combates fluidos;
+História repleta de ensinamentos e reviravoltas;
+Romance e alívio cômico na medida certa.


PONTOS NEGATIVOS

-“Combate” final desanimador;
-Falta de um efeito decente na hora de correr.


NOTA FINAL: 9/10

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s