O mais novo filme de origem da Marvel apresenta Shang-Chi, um herói até então desconhecido por boa parte do público. O herói ganhou um filme que mistura a “fórmula Marvel” com as produções asiáticas sobre artes marciais, criando uma excelente obra cinematográfica que vale a pena ser assistida nas grandes telas do cinema. Após um longo hiato de séries medianas e um filme (Viúva Negra) deixando a desejar. Com alegria posso dizer que Shang-Chi pode ser considerado como o primeiro da próxima fase.

AVISO: O SPOILER É INEVITÁVEL, MAS SERÁ O MÍNIMO POSSÍVEL
os dez anéis: EXPLICAÇÃO DEFINITIVA

A organização criminosa não é nenhuma novidade para os fãs da Marvel, bem presente na trilogia do Homem de Ferro. No primeiro filme foi responsável pelo sequestro do bilionário e no terceiro filme a figura do Mandarim é utilizada como fachada do verdadeiro vilão. Agora a verdadeira história dos Dez Anéis e de seu líder, Wenwu, é retratada com a reverência que merece.

Wenwu é um grande vilão, poderoso, carismático e que possui muitas camadas complexas. Envolto pelo luto, é fácil de entender suas motivações apesar de seu plano ser reprovável. Existe muita humanidade no personagem e já não é a primeira vez que a Marvel cria um vilão autêntico ao ponto de dar medo e gerar proximidade ao mesmo tempo. É visível que ele se perdeu em sua dor, mas que tem muito amor dentro de si. Mas o grande vai para os Dez Anéis, retratados de forma exemplar durante todo o filme.  A direção fez questão de dar destaque para eles o tempo todo, pena ainda não sabermos o que o futuro guarda para estes artefatos.

MARVEL + PRODUÇÃO ASIÁTICA = SHANG-CHI

A Marvel pegou seus efeitos gráficos, seu enredo bem trabalho, uma direção de peso e umas pitadas de alívio cômico e misturou com toda a cultura Chinesa, a beleza da ambientação, fotografias excelentes e cenas de socos em ritmo acelerado. Shang-Chi é completo, rico de detalhes e trouxe uma nova pegada ao UCM.

Seja de dia, mostrando os comércios ou de noite, quando a cidade assumi uma luminescência vibrante e colorida enquanto prédios em obra ficam cheios de bambu ao redor (já vi isso em Dr.Estranho. Será que não conhecem andaime?). Tudo reflete à cultura Chinesa, até os efeitos da Marvel são detalhadamente sincronizados ao ambiente.

o que faltou em viúva negra teve de sobra em shang-chi: soco!

Em Viúva Negra, até as lutas mais simples foram repletas de megalomanias. Até hoje acho que a Viúva têm poder, só que a Marvel não assumiu ainda. Aqui em Shang-chi as lutas são aceleradas, não por conta de loucuras, explosões e desastres que ocorrem durantes os socos mas sim pela coreografia bem encenada e pelas mudanças de câmera sutis que mantém a apreensão do telespectador. São golpes que passam sinceridade, movimentos que são ágeis e precisos ao mesmo tempo que são fieis a realidade gerando a impressão que qualquer um com muito treino de dedicação lutaria deste jeito.

Não é difícil recordar clássicos como Jackie Chan e Bruce Lee nas primeiras cenas de luta. A arte de improvisar armas, as caretas durante a luta e o caos rolando ao redor trazem nostalgia, risadas e alegria.

Claro, no decorrer do filme as lutas se tornam mais fantasiosas, por conta dos poderes e da evolução dos personagens e surgimento de um vilão humanamente invencível. Totalmente compreensível e esperado do filme.

ATUAÇÕES

Shang-Chi caiu como um anel para o Simu Liu. Cumpriu com louvor e certamente muitos fãs surgirão no horizonte, simplesmente bilhante. Além de saber expor as suas emoções com facilidade, ele é carismáticos e um excelente lutador de Kung Fu. Um ator completo sendo valorizado por um enredo competente em um filme magistral.

Awkwafina brilha como Katy e representa fielmente a todos que assistem ao filme quando se impressiona ao desbravar o universo totalmente desconhecido do melhor amigo. A personagem também funciona como um alívio cômico e, em muitas cenas, rouba o protagonismo do herói. Meng’er Zhang também consegue seu destaque como Xialing, irmã de Shang-Chi, uma personagem forte e independente. Wenwu é interpretado por Tony Leung e já falei sobre sua atuação lá no começo, então não têm pra quê repetir, ele é um mundo de carisma.

Impossível não falar sobre a grande surpresa do filme, a volta de Ben Kingsley no papel do falso Mandarim em Homem de Ferro 3, que está de volta agora em ótimas cenas de alívio cômico.

PEQUENOS DELITOS

Nada é perfeito, mas são erros mínimos comparado ao todo da obra:

1- Flashbacks.
São poucos os de fato fundamentais pra trama, o restante só serviu para preencher espaços.

2- Abuso de som grave.
Os efeitos especiais, quando os anéis são usados, as vezes vem acompanhado de um som grave muito pesado, bem na pegada desses carros de som customizados. Se for ver o filme ciente disto sofrerá menos.

3- Luta “Pai x Filho”
Foi muito enredo chamando para esta luta e no fim a luta foi curta já focando em trazer o verdadeiro vilão do filme. Poderiam ter dado uns minutos a mais aqui.

RESUMO

Último filme de origem da Marvel que me trouxe tanta empolgação foi o Pantera Negra. Se assemelha muito por conta de trazer uma nova perspectiva para o UCM. Quanto mais cultura e representatividade, melhor. Quando fui ver Guardiões da Galáxia também senti a preocupação de que “algo novo” poderia não ficar bom. Aqui eu já tinha certeza que daria certo, porém foi melhor do que eu imaginava. “Shang-Chi, bem vindo ao circo”. O lugar deste filme é nas telonas, com toda a sua glória, tela gigante, som e pipoca. Vá correndo ver!


PONTOS POSITIVOS

+Ótimas cenas de luta;
+Atuações cativantes;
+Enredo bem trabalhando;
+Efeitos gráficos gratificantes;
+Alívio cômico na medida.


PONTOS NEGATIVOS

-Luta Pai x Filho mal explorada;
-Som grave usado excessivamente;
-Excesso de Flashbacks.

NOTA FINAL: 8,5/10

Agradecemos à Marvel pelo convite para assistir o filme antes da estreia

1 comentário »

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s