Blade Assault é um jogo 2D, rogue-lite de plataforma. Desenvolvido pela TeamSuneat e publicado pela NEOWIZ, a trama se passa em um mundo futurístico repleto de referências, bom gosto e animações em pixel que além de nostálgicas são agradáveis aos olhos e exigências atuais.

Logo de início o jogador é apresentado as dinâmicas e comandos do jogo (que beneficia agilidade e estratégia). É possível desviar usando dash, atirar projeteis, usar skills e itemizações, criar builds de talentos diversos, evoluir sua arma e jogar – até o momento – com 3 personagens diferentes, variação não é problema aqui. O jogo é repleto de referências desde animes, filmes até músicas e referências bibliográficas, o nível de detalhe é impressionante e recompensa aqueles que prestam atenção. Os cenários são limpos e possuem uma coloração mais “dark”, principalmente no início quando você está vasculhando os escombros da terra devastada, mas que de forma alguma pesam aos olhos.

A trilha sonora acompanha cada tema, apesar das referências ao 2D serem claras existe jazz, blues, clássica, entre outros que enriquecem ainda mais a experiência e fazem com que jogar com som seja algo indispensável para ter a experiência completa. Outro ponto a ser destacado são os itens e evoluções que trazem um dinamismo único para cada tentativa de passar pelos chefões e seus capangas, o player realmente sente que está evoluindo a cada fase – inclusive visualmente -. Para o toque final o jogador poderá, após algumas missões, jogar com outros personagens/armas e cada um com sua forma especifica e estratégia de jogo, a diversão pode ser em apenas testar novas combinações e ver até onde chega com elas.

Jogar Blade Assault foi uma experiência e tanto, o jogo realmente prende por horas e horas, deixando um gostinho de quero mais. Entretanto, pode ser frustrante em algumas “runs” depender tanto do “RNG”, não conseguir alguns “upgrades” podem dificultar demais passar de certo ponto (ainda mais nas dificuldades ASSAULT +). Em contrapartida ter essas mesmas evoluções rápido demais acabam facilitando demais o jogo o que tira o desafio e dificuldade, isso sem contar algumas “builds roubadas” que fazem parte desse gênero, mas não entrarei nesse mérito aqui.

CONCLUSÃO

De forma geral o jogo alcança seu objetivo, traz uma experiência agradável, proporciona objetivos difíceis, traz variações interessantes e únicas e recompensa aos jogadores que gostam de se desafiar criando novas alternativas e melhorando sua jogabilidade no decorrer do tempo.

Pontos positivos:

+ Versatilidade;

+ Gameplay fluida e responsiva;

+ Trilha Sonora;

+ Sentimento de progressão e desafios crescentes;

Pontos negativos:

– RNG limita algumas tentativas;

– Arma secundária pouco utilizada;

NOTA FINAL: 9.0/10

Análise feita pelo PC por Marco Oliveira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s