Superfilhosimagens1Já imaginou como seria se os filhos de Batman e Superman unissem forças em uma revista solo? A DC imaginou, e o resultado foi deslumbrante. Sendo uma das revistas mais aclamadas atualmente no Renascimento, Super-Filhos une os descendentes dos maiores ícones da editora em uma aventura ambiciosa, divertida e envolvente, que rapidamente caiu no gosto dos leitores por possuir o coração dos quadrinhos, tudo já no seu primeiro arco, Quando eu crescer.

A HQ é escrita com maestria por Peter Tomasi, que entrega um material irrecusável para os leitores, muito bem auxiliado pelas artes de Jorge Jiménez, apresentando traços que ditam o tom da história, casando perfeitamente com o roteiro.

Superfilhosimagens7Os protagonistas já são conhecidos do público, o filho do escoteiro, Jonathan Kent, um garoto tímido, acanhado e que está descobrindo seus poderes, mas com um enorme coração. Do outro lado temos o Robin mais polêmico e autêntico de todos, Damian Wayne, com toda sua marra e experiência, que mesmo sendo considerado arrogante por alguns, conquista o público ao apresentar um grande desenvolvimento pessoal.

Inicialmente os dois não se dão bem, o que adiciona uma camada de humor espirituosa, pois mesmo sendo tão diferentes, ambos possuem o desejo de ajudar as pessoas. O que realizam com maestria, enfrentando velhos e novos inimigos, inclusive tendo seu próprio vilão, Kid Amazo.

superfilhosimagens9.jpgNa trama, Batman não deixa que Robin o acompanhe em uma missão, o que faz com que o prodígio procure sua própria aventura, arrastando o Superboy consigo. Os eventos e pistas os levam a encontrar Kid Amazo, um garoto infectado pelo vírus Amazo liberado por Lex Luthor um tempo atrás, leitores de longa data lembrarão do evento.

Aqueles que imaginam que a revista não possui peso por ser protagonizada por crianças, estão muito enganados. Super-Filhos traz toda a carga de qualquer outro herói adulto carrega, o que aumenta o mérito dos pequenos, que devem lidar com uma ameaça bem real e iminente para se provarem dignos de seguir os passos de seus pais.

Superfilhosimagens2Mas mesmo com toda responsabilidade, o quadrinho não se aprofunda em temas maduros, se mostrando mais como uma divertida aventura, onde o coração está na união e desenvolvimento dos protagonistas. Eles são como água e óleo, em uma mistura bizarra e encantadora, onde temos Damian caçoando da inocência e falta de experiência de Jon, enquanto o mesmo amolece o coração do pequeno cabeça quente.

A parte artística da obra compõe um dos pilares fundamentais para sua ótima recepção, Jiménez entra com tudo em seu traçado cômico e colorido, demonstrando com maestria como os personagens devem se parecer, desde a carranca de Damian, até o sorriso de Jon. Por ser um traço leve, mas muito bem detalhado, o quadrinho acaba sendo acessível para todas as idades, outro ponto muito bem acertado.

Superfilhosimagens8Tendo adquirido tanto clamor pelo público, é reconfortante ver que ainda há espaço na indústria para estórias que divertem e possuem um tom ameno, no meio de tantos quadrinhos sérios e pesados, com consequências desastrosas.

Super Filhos – Quando eu crescer  é uma série fantástica, um início firme e promissor, tanto como para a amizade entre os heróis mirins, quanto para futuras histórias que podem ser contadas. O enredo e a ação são muito bem escritas, a interação entre os personagens é ótima, até mesmo com os “Superpais” que fazem suas pontas nas histórias, mas sem ofuscar os reais protagonistas. Não existe motivo para você não ler esta obra.

Superfilhosimagens6

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s